Conheça os tipos de Perda Auditiva

Escrito por: Amélia Pessoa, Fonoaudióloga - Microsom BH 

Existem diferentes tipos de perda auditiva e todas elas têm consequências variadas.

Vamos entender de forma simples como identificar cada tipo, assim como, conhecer os tratamentos recomendados para manter nossa saúde auditiva.

Você sabia que o nosso ouvido é composto por várias estruturas que trabalham em conjunto para que possamos ouvir os sons? 

Existem:

 

>> Orelha Externa, responsável pela captação da onda sonora;

 

>>Orelha Média, responsável pela ampliação e transmissão dessas ondas;

>> Orelha Interna, que transforma os sinais em impulsos elétricos que são enviados ao cérebro pelo Nervo Auditivo. 

 

Quando existe uma falha em qualquer destas etapas, pode surgir a perda auditiva.

principais tipos de perda auditiva

> Perda Auditiva Condutiva

> Perda Auditiva Neurossensorial

> Perda Auditiva Mista

saiba mais sobre a perda auditiva condutiva

A perda auditiva condutiva ocorre quando o comprometimento está na região da orelha externa e ou média, o que impede que as ondas sonoras sejam conduzidas de maneira correta até a cóclea. 

As causas mais comuns deste tipo de perda auditiva são:

> Tímpano perfurado

> Má formação da orelha externa

> Infecções como a otite

> Doenças como a otosclerose 

saiba mais sobre a perda auditiva neurosensorial

A perda neurossensorial ocorre quando as células ciliadas na cóclea estão ausentes ou danificadas ou há uma lesão no nervo auditivo com funcionamento normal das outras estruturas anteriores da orelha média e externa. Ou seja, o som é conduzido, porém não consegue ser processado ou enviado para o cérebro. Neste tipo de perda os sons não somente são mais “baixos”, como são também mais difíceis de compreender, especialmente em ambientes barulhentos.

As causas mais comuns deste tipo de perda auditiva são:

  • envelhecimento natural
  • exposição a ruídos intensos
  • doenças como meningite, meniére, entre outras
  • hereditariedade
  • traumatismo craniano
  • medicamentos

saiba mais sobre a perda auditiva mista

A perda auditiva mista é uma combinação de perda auditiva neurossensorial e condutiva. Ela é consequência de problemas tanto no ouvido interno quanto no ouvido externo e ou médio.

Ela pode ser ocasionada por diversos fatores em conjunto, entre eles infecções crônicas que caso não sejam tratadas da forma correta, podem causar problemas ao tímpano, ossículos e atingir o ouvido interno, prejudicando a cóclea e o nervo auditivo.

como tratar cada perda auditiva?

Podemos falar que cada caso de perda auditiva é diferente, e as causas variam amplamente de pessoa para pessoa.

No entanto o importante é saber o que é que está causando a perda para poder encontrar a solução correta. 

Os tratamentos normalmente indicados para perdas auditivas condutivas e mistas são:

> Medicação

> Cirurgia

> Aparelhos Auditivos

> Implantes de condução óssea

E para as perdas auditivas neurossensoriais são:

> Aparelhos auditivos 

> Implantes cocleares 

Como vimos, os três tipos de perda auditiva podem ser tratados com o uso de Aparelhos Auditivos.

Hoje existem diversos modelos disponíveis no mercado e com tecnologias diversas. Sendo assim, quando surgir alguma dificuldade auditiva, procure o médico otorrinolaringologista e se o caso for indicado a utilização de aparelhos auditivos a equipe de fonoaudiólogas da Microsom BH está preparada para escolher, juntamente com o paciente a melhor opção de aparelho.

Não deixe de buscar ajuda para o que está te incomodando e atrapalhando sua qualidade de vida.  

Obrigada pela leitura!

Até breve!

Amélia Pessoa, Fonoaudióloga Microsom BH