A associação da Perda Auditiva a quadros depressivos já foi comprovada em diversos estudos. Nathália Passaglio – Fonoaudióloga da Microsom BH explica mais sobre o assunto.

Você já pensou que “ouvir bem” é um requisito importante para a interação social?

Quando esse requisito não é alcançado de forma satisfatória, ou seja, existe dificuldade na compreensão da fala, consequências são geradas. Tais consequências estão relacionadas a:

– Redução da vida social,

– Aumento dos problemas de relacionamento com familiares e amigos,

– Distanciamento Social,

-Depressão.

estudo aponta relação entre perda auditiva e depressão

Idosos com Perda Auditiva podem ser mais propensos para desenvolver sintomas de depressão do que outros sem dificuldades, sugere uma revisão de pesquisa.

Globalmente, mais de 1,3 bilhões de pessoas vivem atualmente com algum tipo de perda auditiva, e espera-se que este número aumente com o envelhecimento da população, observa a equipe do estudo em The Gerontologist

Cerca de 13% dos adultos de 40 a 49 anos têm perda de audição, assim como 45% das pessoas de 60 a 69 anos, e 90% dos adultos com 80 anos ou mais, escrevem os autores.

Para avaliar a conexão entre perda auditiva e depressão, os pesquisadores analisaram dados de 35 estudos anteriores, com um total de 147.148 participantes com pelo menos 60 anos de idade.

Em comparação com pessoas sem perda auditiva, os idosos com alguma forma de surdez foram 47% mais propensos a ter sintomas de depressão, segundo o estudo.

perda auditiva no idoso

A Perda Auditiva na Terceira Idade é mais comum do que você imagina e tem um impacto significativo na vidas das pessoas.

Alguns sons, principalmente os sons da fala, passam a ser difíceis de ouvir de forma efetiva (ouvir e entender o que foi dito).

Isso gera no Idoso um sentimento de incapacidade em se comunicar e muitas vezes ele tende a se isolar.

 

O tratamento da perda auditiva minimiza grande parte dos distúrbios sociais, psicológicos e emocionais.

Atualmente, com a chegada da COVID-19, podemos perceber o quanto a necessidade do distanciamento social ocasionou aumento de quadros depressivos causados pela privação do convívio social.

 

A Ansiedade e a Depressão podem ser tratadas, assim como a Perda Auditiva.

O ideal é buscar ajuda de profissionais capacitados a fim de recuperar a qualidade de vida.

 

Conte com a equipe da Microsom BH-Betim para cuidar da sua Saúde Auditiva.

Nossa equipe está de prontidão para te atender em uma das nossas 03 unidades:

PRADO, SANTA EFIGÊNIA E BETIM.

Até a próxima!

Nathália Passaglio – Fonoaudióloga Microsom BH