o futuro das soluções auditivas

Escrito por: Franciely Oliveira, Fonoaudióloga - Microsom BH 

A Audiologia tem passado por várias transformações no que diz respeito às opções existentes em Soluções Auditivas.
A cada ano os aparelhos auditivos estão cada vez menores e em constante evolução tecnológica:

 

Processadores Multicanais,

 

Baterias Recarregáveis,

 

Conectividade Wireless, 

 

Aparelhos Auditivos com Inteligência Artificial.

o que os aparelhos auditivos são capazes de fazer hoje em dia?

Para se ter uma ideia , hoje em dia é possível transformar Aparelhos Auditivos em fones de ouvido conectados à smartphones e televisões, possibilitando ao paciente fazer e receber ligações telefônicas, executar áudios e assistir vídeos ouvindo a transmissão do som diretamente em suas orelhas.

 

A Conectividade Wireless facilita muito a vida de usuários de aparelhos auditivos, pois esse recurso diminui a relação sinal ruído, ou seja, envia o sinal para o ouvinte reduzindo ao máximo qualquer interferência de ruídos.

Apesar de toda evolução tecnológica nos Aparelhos Auditivos, alguns casos de surdez severa ou profunda não se beneficiam de tal adaptação, principalmente no sentido de discriminação dos sons e das palavras.

 

existem outras tecnologias para tratar a perda auditiva além dos aparelhos?

No caso de surdez severa/profunda, existem as opções cirúrgicas, como o implante coclear (IC). O IC é uma prótese implantável no osso temporal e na cóclea que estimulará eletricamente as células e terminações nervosas do nervo auditivo.

Com isso, pacientes que não alcançam resultado esperado com Aparelhos Auditivos passam a ter melhor reconhecimento de sons da fala, melhorando sua comunicação por meio da estimulação elétrica.

 

Além dos Aparelhos tradicionais e dos Implantes Cocleares, existe também outro tipo de prótese implantável, conhecida como Prótese Auditiva Ancorada no Osso (PAAO).

Mesmo com os benefícios da amplificação convencional, podemos lidar com casos de malformações de orelha, doenças otológicas ou sequelas que impossibilitam tal adaptação.

A PAAO tem a função de transmitir o som através da vibração óssea diretamente para a nossa orelha interna.

 

A prótese é fixada cirurgicamente na calota craniana, posicionada atrás da orelha com um vibrador externo cuja função é levar o som diretamente para a cóclea.

A tecnologia das Próteses Auditivas vem se aprimorando e esse avanço só traz benefícios a todos os envolvidos

A tendência é que o número de usuários de todos os tipos de Próteses Auditivas aumente significativamente nos próximos anos.

 

Por isso, os desafios para a Melhoria dos Aparelhos Auditivos continua em constante evolução!

Anterior
Próximo
Estamos aqui prontos para te ajudar a Viver Melhor.
Vamos dar o primeiro passo ?

Obrigada pela leitura!

Até breve!

Franciely Oliveira, Fonoaudióloga Microsom BH